Após 86 anos de dúvida, São Paulo enfim é reconhecido como campeão paulista de 1931

Após 86 anos de dúvida, São Paulo enfim é reconhecido como campeão paulista de 1931

O São Paulo finalmente foi reconhecido como o legítimo campeão do Campeonato Paulista de 1931. A Federação Paulista de Futebol chancelou nesta quarta-feira a alteração que o clube fez no próprio estatuto, no final do ano passado. Assim, a FPF reconhece também que o clube foi fundado em 25 de janeiro de 1930 e não mais em 16 de dezembro de 1935.

A informação foi confirmada para a reportagem pela FPF.

A conquista sempre gerou confusão porque pertencia ao São Paulo fundado em 1930, cuja sede era na Floresta, mas que deixou de existir em 1935, ao fundir-se com o Clube de Regatas Tietê. O motivo do fim foi uma crise financeira, o que revoltou e frustrou diversos sócios. Eles não aceitaram o destino e batalharam para refundar a agremiação, atesta o msn.

A história registra que uma dessas tentativas resultou no Clube Atlético São Paulo, criado em junho de 1935, com um escudo semelhante ao atual (com a sigla) CASP, mas que, mal organizado, nem chegou a entrar em campo em jogos oficiais.

A outra tentativa foi certeira. Em 16 de dezembro de 1935, na rua XI de Agosto, onde hoje está a praça da Sé, no centro da cidade, criaram o São Paulo Futebol Clube.

Durante muitos anos uma briga interna impedia a ala ligada a refundação em 1935 de reconhecer o São Paulo de 1930 como parte da equipe, segundo José Acras, historiador e um dos conselheiros mais velhos do clube do Morumbi. O racha existente era com os diretores que deixaram a agremiação fundada cinco antes ter sucumbido financeiramente.

Era possível perceber isso no antigo estatuto, que valorizava a refundação e não a fundação. O documento atestava que o São Paulo “foi fundado em 16 de dezembro de 1935, como continuidade do São Paulo Futebol Clube nascido em 25 de janeiro de 1930”.

Algo que o novo documento, aprovado no fim do ano passado, corrigiu. Agora a data principal é 25 de janeiro de 1930, ou seja, o clube tricolor tem 87 anos.

Nas contas da Federação aumentou uma conquista de Estadual. Agora são 21, atrás dos maiores ganhadores Corinthians (28), Palmeiras (22) e Santos (22).

Vale lembrar que a conquista de 1931 foi histórica porque o São Paulo tinha o goleador Arthur Friedenreich e a taça veio com goleadas, como 4 a 1 no Corinthians, em pleno Parque São Jorge, 4 a 0 no Palestra Itália (o Palmeiras), 4 a 2 no Santos, 8 a 1 no Juventus, 8 a 1 e 7 a 0 no extinto América da capital, entre outros.

Também vale lembrar que o título já era reconhecido pelo clube do Morumbi, mas em outras publicações era atribuído ao São Paulo da Floresta (que durante anos teve o nome de sua sede associada ao seu nome para diferenciar-se do São Paulo FC).

  • Federação chancelou

Segundo apurou a reportagem, o São Paulo encaminhou nos últimos dias um ofício ao presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, informando que o estatuto havia sido alterado e a data de fundação também.

É prache uma equipe informar a Federação sempre que ocorrem mudanças no escudo, no hino, no estatuto etc. Isso ocorre para, entre outros motivos, a entidade atualizar os dados da equipe ao divulgar informações oficiais em suas mídias. Mas também para chancelar mudanças, como no caso da data de fundação, que tem peso histórico.

01/06/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *