Mãe exalta direito e escolha do filho de usar vestidos

Mãe exalta direito e escolha do filho de usar vestidos

Uma mãe canadense decidiu registrar o cotidiano do filho de 5 anos para inspirar outros pais a aceitarem a liberdade dos pequenos e afastar os padrões de gênero da criação. Crystal Kells nunca escondeu que é Cian quem escolhe o que vai vestir todos os dias — em geral, vestidos e saias, de preferência bem estampados e com movimento. A família vive no estado de Ontário, no Canadá.

“Em 99% do tempo, ele vai preferir um vestido a uma blusa com short ou calça. A sua parte preferida são as estampas. Ele sempre tem a escolha do que vestir. Eu respeito, é claro, com muito amor e respeito”, contou Crystal ao “Metro”.

Segundo o Extra, a mãe relata que foi criada de maneira liberal, sem amarras sociais à expressão individual. Quando o menino revelou o interesse pelos vestidos, tidos por conservadores como roupas exclusivas de meninas, a canadense se perguntou: “Por que não?”.

De acordo com Crystal, o filho usufrui de seu direito de se sentir bem e adequa os trajes conforme seus planos para o dia: das saias mais soltas às calças ou bermudas, se for o que lhe convier.

Na avaliação da canadense, as meninas são celebradas quando se portam, brincam e agem como molecas. E é por isso que ela defende que os meninos também sejam aceitos ao abraçar os costumes ditos femininos.

“A sociedade mudou. Meu filho me mudou. Ele me inspirou a me amar, a ter confiança em mim mesma, o que eu não tinha antes. Mais amor e menos julgamento”, explicou ao diário britânico.

Crystal promoveu uma coleção de fotos do filho à vontade em saias e vestidos — em comemorações da família ou em apresentações de dança do pequeno. Ela escreve um blog sobre a experiência. “Meu filho, Cian. Sim. Meu filho usa vestido”, deixa claro logo ao título da publicação.

02/06/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *