Polícia Civil prende jovens por assassinato de taxista no Pilar

Polícia Civil prende jovens por assassinato de taxista no Pilar

Policiais civis do 23º Distrito Policial (23º DP), comandados pelo delegado José Carlos André dos Santos, cumpriram nesta sexta-feira (2), mandados de prisão dos acusados de terem assassinado um taxista na região metropolitana.

Jailson Silva Nascimento, 18 anos, conhecido como “Jau”, e Roberto Silva Mendes , 20 anos, o “Betinho”, executaram Jorge Domingos dos Santos, 60 anos, no dia 28 de maio do corrente ano, no município de Pilar. O homicídio foi cometido quando a dupla contratou uma corrida e anunciou o assalto com o objetivo de subtrair o táxi.

Segundo o delegado, um dos acusados era conhecido de Jorge, que confiou neles,  mas foi assassinado a golpes de arma branca, em um matagal nas proximidades do trevo para Marechal Deodoro.

Após o crime, o corpo da vítima foi abandonado no canavial, na zona rural de Pilar, e foi localizado dois dias depois. O veículo do taxista também foi encontrado colidido em uma ponte destruída pelas chuvas que castigaram o município.

“Chegamos à conclusão que o bárbaro crime foi praticado por Jailson e Roberto, e solicitamos a prisão deles à Justiça, e, após decretada a prisão temporária de ambos pelo Juiz Sandro Augusto dos Santos, da Comarca de Pilar, os dois foram detidos e confessaram o crime, alegando arrependimento”, concluiu a autoridade policial.

03/06/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *